Síndrome do Túnel do Carpo – O Que é? Causas, Sintomas, Tratamento


Pessoas que fazem muitas ações repetitivas durante os dias, em algum momento, sofreram com problemas e/ou doenças em seu nervo, apresentando sintomas incômodos, incluindo, quase sempre, bastante dor e formigamento. Entre esses problemas, um que é bastante comum de ocorrer é a síndrome do túnel do carpo.

Sendo uma síndrome que ocorre nas mãos, essa doença costuma ser bem comum entre adultos na casa dos 30 a 60 anos de vida.

Diante da mediante ocorrência da síndrome do túnel do carpo em muitas pessoas, hoje, nesse artigo, estaremos abordando informações bem importantes sobre ela, incluindo as principais causas, como se prevenir dela, como é feito o tratamento e quando a pessoa deve buscar orientação médica.

O que é a síndrome do túnel do carpo

A síndrome do túnel do carpo é um dano causado por uma compressão no nervo mediano localizado no punho, mais especificamente entre a mão e o antebraço, do qual leva o nome de Túnel do Carpo.

Essa doença costuma ocorrer, principalmente, em pessoas que fazem movimentos repetitivos na mão, como digitar no teclado diariamente.

Sindrome do Tunel do Carpo tratamento


Sintomas da síndrome do túnel do carpo

Os sintomas que podem ser apresentados nas pessoas que estão sofrendo com a síndrome do túnel do carpo são:

  • Dor, principalmente durante a noite
  • Dormência
  • Formigamento
  • Perda da firmeza na mão
  • Choque
  • Perda da sensibilidade dos dedos
  • Dificuldade para movimentar os dedos
  • Queimação
  • Atrofia dos músculos
  • Sensação de ‘picadas’

Causas da síndrome do túnel do carpo

Sindrome do Tunel do Carpo causas

O principal fator que causa a síndrome do túnel do carpo é a LER, ou Lesão do Esforço Repetitivo. Essa condição ocorre, como já bem diz o nome, pela execução de muitos movimentos repetitivos no punho, que causam a compressão do nervo mediano.

Ainda existem fatores secundários que podem causar a síndrome, como fraturas, quedas, inflamações, diabetes, tumores e alterações hormonais.

Por fim, qualquer ação que cause alguma lesão ou irritação ao nervo no túnel do carpo pode levar até à ocorrência da síndrome.

Fatores de risco

As pessoas mais propensas a adquirirem a síndrome do túnel do carpo durante a vida são:

  • Já ter sofrido alguma fratura no punho
  • Possuir túnel de carpo pequeno
  • Ser do sexo feminino
  • Possuir diabetes, artrite, obesidade, lúpus, insuficiência renal e/ou algum distúrbio da tireoide
  • Estar grávida ou na menopausa
  • Precisar fazer movimentos repetitivos da mão no trabalho, principalmente digitando no computador ou tocando algum instrumento musical
  • Possuir histórico familiar com a síndrome do túnel do carpo
  • Utilização de certos medicamentos, principalmente os utilizados durante o câncer de mama

Diagnóstico

Para encontrar ajuda médica, a pessoa pode buscar os seguintes especialistas: clínico geral, reumatologista e ortopedista.

Para dar início ao diagnóstico, o médico irá fazer uma bateria de perguntas para o paciente sobre os sintomas que ele está sentido, histórico familiar com a doença e quais as ações que ele anda fazendo nos últimos dias.

Após isso, o especialista irá solicitar um exame físico nas mãos e braços, conseguindo analisar melhor os sintomas apresentados.

Por fim, ele ainda pode solicitar outros exames complementares, como exame de sangue, principalmente para quem possui alguma outra doença, raios-x, eletromiografia e teste da velocidade da condução nervosa.

Quando buscar ajuda médica

A principal recomendação para buscar ajuda médica é quando os sintomas persistem por muitos dias. Quando mais cedo a pessoa buscar ajuda, menos a chances de ocorrer problemas futuros e mais eficiente será o tratamento.

Tratamentos para a síndrome do túnel do carpo

Nos casos mais comuns e de fáceis tratamentos da síndrome do túnel do carpo, o médico irá imobilizar a mão e pulso com uma tala e indicar a utilização de algum anti-inflamatório, como o Alginac, ou a aplicação de uma injeção com corticosteroides para aliviar os sintomas. Dependendo do caso, a fisioterapia também pode ser necessária.

Quando a síndrome do túnel do carpo é um pouco mais grave, será necessária uma cirurgia para liberar o túnel do carpo, cortando o ligamento que sofreu a compressão. Uma fisioterapia pós-operação também será preciso.

O paciente que busca um tratamento um pouco mais específico, pode encontrar a acupuntura como uma opção para relaxar o pulso e aliviar as dores.

Vale ressaltar que, em alguns casos, não é necessário um tratamento específico, somente o descanso e relaxamento do pulso durante algumas semanas ou meses.

Prognóstico (convivendo)

Após o tratamento, a pessoa poderá fazer algumas atitudes e medidas para aliviar os principais sintomas e ajudar na recuperação. São elas:

  • Evitar utilizar a mão em atividades repetitivas que as forcem
  • Fazer movimentos circulatórios com os pulsos e esticar os dedos
  • Utilizar a tala sempre que possível, principalmente a noite
  • Não dormir sobre o punho e mão que está sofrendo com a síndrome

Sindrome do Tunel do Carpo

Possíveis complicações

Quase todos os tratamentos, quando ocorrem de maneira correta, costumam ser bem efetivos e não trazer complicações para o paciente. Porém, quando ela não é tratada ou a pessoa demora muito para dar início ao tratamento, o nervo pode ser prejudicado, causando diversos sintomas e fazendo a persistência dos que já estavam ocorrendo.

Prevenção

A pessoa que quer evitar de sofrer com a síndrome do túnel do carpo pode tomar algumas medidas bem eficientes. São elas:

  • Não faça movimentos muitos repetitivos com os punhos e mãos
  • Utilizar apoios e equipamentos ergonômicos
  • Quando estiver utilizando teclados é recomendar fazer pausas
  • Passar periodicamente pelo médico especialista
  • Manter uma postura reta e correta, principalmente quando utilizar o computador

Pergunta dos leitores

Fisioterapia ajuda na síndrome do túnel do carpo?

Sim, muitas vezes o médico especialista poderá indicar a fisioterapia para o tratamento da síndrome do túnel do carpo.

Quanto custa a cirurgia da síndrome do túnel do carpo?

O preço final para a cirurgia da síndrome valerá diante de uma avaliação médica, alterando o valor de pessoa para pessoa.

Quem tem síndrome do túnel do carpo tem direito a aposentadoria?

Sim, será possível a solicitação da aposentadoria, caso a pessoa consiga provar a invalidez por conta da síndrome do túnel do carpo.

Existe algum tratamento caseiro para a síndrome do túnel do carpo?

Existem diversos tipos de medicamentos caseiros que podem auxiliar no tratamento da síndrome do túnel do carpo.

O primeiro é comer uma colher de azeite de semente de linhaça diariamente durante um mês. A ingestão de alimentos com vitamina B6 também é bem inciado.

A aplicação de gelo ou compressas com água gelada ajuda a aliviar os sintomas e diminuir a inflamação.

Por fim, tinta de arnica também ajuda no tratamento da inflamação.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...