Prolactina – Alta, Baixa, Tratamento, Sintomas, Valores de Referência!


O corpo humano por um todo produz diversos tipos de hormônios que possuem funções e finalidades próprias e, ao geral, de ampla importância para o funcionamento dele mesmo. Entre eles, temos um que é fundamental, a Prolactina.

Esse hormônio está entre um dos mais importantes para o nosso corpo, pois ajuda tanto o sexo masculino, como o feminino em diversas funções, que serão apresentadas mais a frente nesse artigo.

Diante disso, hoje, estaremos apresentados todas as informações importantes e necessárias sobre a Prolactina, incluindo as doenças relacionadas, sintomas que sua alta e baixa produção causa e como ocorre sua regulação.

O que é Prolactina?

A Prolactina, como já citado na introdução acima, é um hormônio polipeptídeo, também conhecido como hormônio do leite, que é produzido por glândula localizada no crânio, a Adenohipófise, que, além da própria Prolactina, libera outros hormônios, como o do Crescimento, Tireotrofina e Luteinizante.

A liberação de Prolactina é controlada por um hormônio neurotransmissor, a Dopamina, que será melhor abordado durante esse artigo.

Prolactina alta


Função do Hormônio

A Prolactina possui diversas finalidades para o corpo humano. Porém, sua principal e mais importante função é fazer a produção do leite para a mãe depois da ocorrência do parto. A preparação para isso acontece já durante a gravidez, quando o hormônio planeia as mamas para alimentar o filho depois da gestação.

Porém, o hormônio não é só importante para o organismo feminino. Esse hormônio, tanto em mulheres, como em homens, age no sistema imunológico, na produção das células no sangue, na criação de vasos sanguíneos e outros funções.

Por fim, ela ajuda a criar o sentimento de felicidade e bem-estar depois do sexo e os orgasmos.

Medidas e Valores Normais

O hormônio é secretado quando atinge uma taxa por volta de 400 microgramas/dia.

Os valores de referência no sangue para mulher é de 13 ng/mL, para homens é de 5 ng/mL. Quando se ultrapassa o valor de 15 – 25 ng/mL de Prolactina já podem ser considerado excesso no sangue do hormônio.

Regulação da Produção

A produção do hormônio deve ser controlada. A principal forma para isso é a regulagem pelo Hipotálamo, que libera o TRH, um hormônio que estimula a produção. Outra forma de controlar é pelo sono.

O estresse, atividade física, cirurgia, baixo nível de açúcar no sangue, utilização de estrógenos e estimulo dos mamilos causam o aumento da produção.

Doenças relacionadas à Prolactina

Diversas doenças estão diretamente associadas ao aumento ou diminuição do nível do hormônio no sangue.

A Hiperprolactinemia, que é o excesso do hormônio no sangue e causa diversos sintomas negativos, que serão abordados a seguir, pode estar relacionado à tumores da adenohipófise, hipotireoidismo, insuficiência renal e doença hepática.

Sintomas da Prolactina Alta

Quando ocorre Hiperprolactinemia é bem provável que ocorra sintomas bastante indesejados, que variam entre as mulheres e homens.

As mulheres podem ter ou sentir:

  • Não ocorrência da menstruação ou um intervalo maior entre um ciclo menstrual e outro
  • Liberação acima do necessário de leite
  • Ficar infértil
  • Dor durante o sexo
  • Falta de desejo sexual

Os homens podem ter ou sentir:

  • Impotência
  • Falta de desejo sexual
  • Ficar infértil
  • Dor de cabeça
  • Alterações visuais

Por fim, quando ocorre um excesso crônico, os seguintes sintomas podem ser apresentados:

  • Hipogonadismo
  • Diminuição da massa óssea e/ou muscular
  • Alteração no crescimento de pelos pelo corpo

Prolactina baixa

Sintomas da Prolactina baixa

Além da Prolactina em nível alto, quando ela alcança valores baixos também podem ocorrer alguns problemas, bem mais raros e menos preocupantes.

As mulheres com baixo nível, normalmente, tem alteração na produção do leite pelas mamas, podendo, até mesmo, não produzi-lo.

Já os homens, em geral, possuem baixo nível do hormônio. Quando existe uma discrepância muito grande, o sexo masculino tem seus níveis de testosterona e desejos sexuais alterados.

Pergunta dos leitores

Como baixar a Prolactina naturalmente?

Muito dificilmente a pessoa conseguirá baixar os níveis da Prolactina, precisando de ajuda médica. Porém, chás, como o próprio chá de vitex, podem ajudar bastante.

Prolactina existe nos homens?

Além de ajudar no orgasmo durante o ato sexual e no sistema imunológico, a Prolactina também é importante para o homem saber se existe algum problema nas suas glândulas mamarias.

Prolactina alta engorda?

Em forma geral, tirando alguns casos raros relacionado à alguma doença, o alto nível de Prolactina não causa ganho de peso. Quando o hormônio está alto nos homens, as mamas costumam aumentar.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...