Ocitocina: O Hormônio do Amor – Quais Seus Benefícios? Como Gerar?


A ocitocina é uma substância, que muitos conhecem como “hormônio do amor”, que é de extrema importância para o corpo humano. Essa substância tem papel fundamental para a realização do parto e no pós-parto, como durante a amamentação.

O hormônio é produzido por uma glândula localizada no cérebro (hipófise) que ajuda nas concentrações uterinas, facilitando o parto e também ajuda a liberar o leite materno.

 

O que é o Ocitocina?

A ocitocina é o principal hormônio responsável pelo parto, sendo ela que fica responsável por promover as contrações que causam a dilatação do colo uterino, facilitando a saída do bebê no canal da pelve feminina.

Popularmente conhecida como o hormônio do amor, a ocitocina faz com que o indivíduo se sinta atraído por outra pessoa, no caso faz com que a mãe se apaixone de forma imediata pelo bebê, sentindo vontade de ficar com ele o tempo todo. Esse hormônio também é responsável pela manutenção de um parceiro fixo, sendo conhecido como hormônio da fidelidade.

O hormônio é liberado durante o orgasmo, tando feminino quanto masculino, onde promove contrações uterinas na mulher e contração dos ductos seminíferos e ejeção do sêmen no homem.

A ocitocina nada mais é do que o hormônio do prazer, que faz com que a pessoa seja capaz de se doar pela outra, de se socializar.


Durante a gravidez, além das contrações para facilitar o parto e de ajudar na liberação do leite materno, ela é capaz de causar sensação de prazer e relaxamento para a mãe, pois o hormônio age diretamente nas células cerebrais do sistema límbico, que está associado ás emoções.

Esse hormônio tem grande influência no instinto materno de uma mãe, fazendo com que ela queira sempre zelar e cuidar do seu bebê.

Ocitocina

Benefícios do Ocitocina

Facilita o parto: A ocitocina estimula a contração do útero, produzida pelo corpo naturalmente. Ela ajuda na saída do bebê durante o trabalho de parto.

Ajuda na amamentação: Com o estímulo de sucção do bebê durante a amamentação, o hormônio é produzido pelo corpo da mulher naturalmente.  Fazendo com que ocorra a ligação entre a mãe e o bebê, ajudando na liberação do leite materno.

Melhora as relações sociais: A ocitocina ajuda no convívio social, onde o individuo consegue se colocar no lugar do outro. Onde todas as emoções e expressões se tornam sensíveis. Sendo assim esse hormônio consegue efeitos positivos para o tratamento de pacientes com autismo e esquizofrenia, por exemplo.

Doenças emocionais: A ocitocina ajuda o indivíduo a adequar as suas emoções, com isso ele diminui o estresse, aumentando o bom humor, convívio com as pessoas e sendo até mesmo eficaz no tratamento da depressão.

Aumenta o prazer no contato íntimo: O hormônio aumenta a libido e o desempenho sexual, pois ela age em conjunto com a testosterona (homem) e na progesterona (mulher), com isso aumenta o prazer com o contato intimo.

Como aumentar o Ocitocina

As principais formas naturais para aumentar a ocitocina são:

Contato físico: Realizar contatos físicos é uma ótima forma de estimular a ocitocina. Por mais simples que sejam, pequenos gestos como um cafuné, abraço, aperto de mão e carinhos. Tudo isso ajuda na produção do hormônio.

Praticar boas ações: A honestidade é uma ótima forma de aumentar o hormônio naturalmente. Pois o cérebro humano interpreta atitudes de generosidade e honestidade como formas de inspirar confiança. E consequentemente boas sensações ao nosso corpo.

Amamentar: A amamentação é fundamental para o bebê e quanto mais a criança mama, mais leite será produzido. Pois a região do cérebro é capaz de liberar o hormônio na corrente sanguínea. A produção desse hormônio se intensifica quando a mulher se sente mais segura e relaxada. Por isso a amamentação deve ser prazerosas, onde qualquer tensão pode dificultar a produção do leite materno.

Alimentos que aumenta a Ocitocina

A produção da ocitocina está mais associada ao prazer, então qualquer alimento que a pessoa goste e irá saborear com prazer pode contribuir para aumentar o hormônio.

Cientificamente não existe nenhum tipo de alimento que possa ser indicado para aumentar o hormônio, porém durante a gestação, a mulher pode ingerir abacaxi fresco, que ajuda a acelerar as contrações do parto, assim como a banana é uma fruta que possui carboidratos que podem ajudar na produção desse hormônio, pois também conta com a vitamina B6 que é fundamental para controlar os impulsos nervosos.

Ocitocina sintética

A ocitocina é produzida naturalmente pelo nosso organismo, porém também existe a sua versão sintética, que é feita em laboratório.

Ela pode ser usada por alguns médicos para ajudar nas contrações do parto. Quando a mulher possui dificuldades em desenvolver o hormônio por complicações durante a gestação.

Também existe na forma de spray, que serve para ajudar na amamentação. Pois algumas mães possuem dificuldades de liberar o leite materno para o bebê.

Ela também é usada para aumentar libido e a sensação de prazer em alguns remédios naturais, ou seja, mesmo sendo produzida pelo nosso organismo. A ocitocina sintética é comercializada para uma série de situações.

Ocitocina hormonio amor

Ocitocina no homem

A ocitocina natural no homem tem a função de tornar o homem mais calmo, menos agressivo. Com um comportamento social mais adequado, que muitas das vezes acaba sendo inibida pela ação da testosterona.

O uso do hormônio sintético também pode melhorar o desempenho sexual do homem, facilitando a lubrificação no contato intimo. Melhorando a qualidade da ejaculação, aumentando a produção de hormônio anabolizantes, além de causar relaxamento muscular.

A ocitocina no homem também possui efeito regulador na pressão arterial, evitando a hipertensão e infartos, pois controla a vasodilatação das artérias.

Onde comprar

Ocitocina sintética pode ser adquirido em farmácias e redes de drogarias de todos o país, pelo preço médio de R$28,85 a R$36,99. Para adquirir o produto é necessário apresentação de receita médica (Branca Comum).

Pergunta dos leitores

Ocitocina e oxitocina é a mesma coisa?

Sim, os hormônios ocitocina e oxitocina são produzidos pelo hipotálamo e armazenado na neurohipófise. Que tem como objetivo promover as contrações musculares uterinas. Diminuindo o sangramento durante o parto e estimulando a saído do leite materno. Além de aumentar o apego e a empatia entre as pessoas.

Ocitocina amor hormônio

Ocitocina ajuda no parto?

Sim, a ocitocina tem papel fundamental durante o parto. Pois ela faz com que ocorra as contrações uterinas, preparando o bebê para o nascimento. Portanto quando a mulher completa 41 semanas de gravidez, o hormônio começa a induzir o parto. Deixando a mãe mais segura e tranquila para conhecer o filho.

Qual a fórmula da Ocitocina?

A ocitocina é um peptídeo formado por nove ácidos aminados. Sua fórmula é C43H66N12O12S2 e sua massa 1007,19 g.mol-1.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...