Multigrip


A gripe e os resfriados trazem um grande desconforto para as pessoas e para tratar esses problemas, existe o Multigrip.

Para que serve o Multigrip

Multigrip é um medicamento que serve para tratar os sintomas de gripes e resfriados. Sendo assim, ele é capaz de aliviar a febre, dor, coriza, congestão nasal, dor de cabeça e também dores musculares decorrentes de estados gripais.

O mais interessante é que Multigrip  possui diversas apresentações e, embora todas funcionem para um proposito geral, cada uma deles possui uma finalidade mais específica, veja:

Capsulas: na versão em capsula esse medicamento antigripal múltiplo que age nas gripes, congestão nasal, coriza, cefaleia, febre, dores musculares e demais sintomas decorrentes das gripes.

Granulados: essa apresentação de Multigrip age nos sintomas dos distúrbios congestivos dos resfriados, gripes e também da rinite aleérgica.

Solução oral: também um antigripal múltiplo ele atua nos resfriados, gripes, congestão nasal, cefaleia e todos os demais sintomas anteriormente citados.


Como funciona o Multigrip

multigrip

Multigrip tem ação a nível do sistema nervoso central, diminuindo a sensibilidade à dor e também a febre.

Mais do que isso, ele ainda bloqueia a liberação de determinadas substâncias responsáveis pelo desenvolvimento dos efeitos alérgicos, reduzindo coriza, edema e rinite, promovendo um descongestionamento nasal.

O melhor do tudo é que o efeito de Multigrip já começa a acontecer apenas 15 minutos após ele ser administrado.

Contraindicação do Multigrip

Esse medicamento é contraindicado para pacientes que apresentem hipersensibilidade a qualquer componentes de sua fórmula.

Além disso, não deve ser utilizado por quem possui, doença cardíaca, hipertensão (pressão alta), glaucoma, diabetes, doença renal crônica, hipertrofia da próstata, insuficiência hepática grave, disfunções de tireoide, gravidez e lactação.

Multigrip não deve ser utilizado por mulheres grávidas a menos que haja recomendação de médico ou cirurgião-dentista.

Posologia do Multigrip

Cápsula

As capsulas de Multigrip  possuem a cor vermelha e amarela com conteúdo branco e sua administração deve ser feita por via ora.

Adultos: 1 a 2 cápsulas a cada 4 horas

Crianças com mais de 12 anos: 1 capsula a cada 4 horas

Não se deve tomar mais do que 10 capsulas por dia.

Granulado

Adultos: de 1 a 2 envelopes a cada 4 horas

Crianças com mais de 12 anos: 1 envelope a cada 4 horas.

Não se deve exceder a quantidade de 10 envelopes por dia.

Solução oral

O aspecto físico da solução oral é um líquido límpido e que possui sabor e odor característicos e sua administração é por via oral.

Adultos e crianças com mais de 12 anos: 1 copo medida (10ml) a cada 4 horas.

Crianças entre 6 e 12 anos: meio copo medida (5ml) a cada 4 horas.

Solução oral em gotas (Multigrip infantil)

A solução oral em gotas é um líquido límpido, e com aroma característico e sua administração é por via oral.

Crianças com menos de 2 anos: sob orientação médica.

Crianças de 2 a 4 anos: 20 a 30 gotas de 3 a 4 vezes ao dia.

Crianças de 4 a 6 anos: 30 a 40 gotas de 3 a 4 vezes ao dia.

Vale lembrar que o gotejamento dessa solução deve ser feito com o frasco invertido, no ângulo de 45º, mantendo uma pressão contínua e moderada.

Multigrip da sono?

Sim, um dos efeitos de Multigrip é que ele induz à sonolência e, por isso, não deve ser utilizado por pessoas que executem atividades tais como conduzir veículos e operar máquinas, bem como demais atividades que dependam de atenção.

Precauções do Multigrip

Capsulas

As capsulas de Multigrip possuem um corante amarelo Tartrazina que, em algumas pessoa, pode gerar reações de natureza alérgica, tal como asma brônquica, principalmente naqueles pacientes alérgicos ao ácido acetilsalicílico.

Vale ressaltar ainda que Multigrip é um medicamento que induz à sonolência e, por esse motivo, não deve ser utilizado pacientes que vão operar máquinas, conduzir veículos ou cuja segurança de outras pessoas dependa de sua atenção.

Multigrip contém açúcar (lactose) e não deve ser utilizado por diabéticos.

Granulado

Durante o uso desse medicamento, o paciente não deve ingerir bebidas alcoólicas e deve evitar operar máquinas, dirigir veículos ou executar funções que exijam um estado de alerta, visto que causa sonolência.

Esse medicamento não deve ser utilizado por um período prolongado de tempo.

Multigrip deve ser cuidadosamente administrado em pessoas que possuem doença renal crônica ou hepática grave, bronquite asmática, doenças cardíacas, hipertensão, diabetes, hipertireoidismo, glaucoma ou hipertrofia da próstata.

O paciente deve comunicar ao médico caso tenha feito uso de medicamentos inibidores da MAO nas últimas duas semanas.

Também é preciso comunicas ao médico caso tenha se submetido a algum tipo de intervenção cirúrgica nos últimos 2 meses e se tiver recebido anestesia geral ou espinhal.

Multigrip não deve ser utilizado durante a gravidez ou a amamentação visto que os anti-histamínicos também são excretados através do leite materno.

Mais do que isso, ele ainda pode inibir a lactação por efeito anticolinérgico.

Esse medicamento não é recomendado para recém-nascidos e prematuros visto que possui efeito anticolinérgico sobre o SNC, provocando maior tendência a convulsão e excitação.

Por seu efeito vasopressor, o uso de Multigrip em crianças menores de 6 anos pode gerar desordens psiquiátricas após a administração.

Multigrip contém açúcar.

O uso desse remédio não deve ser feito com outros produtos que contenham paracetamol

Não deve ser utilizado por condutores, operadores de máquinas e pessoas que exerçam atividades que dependam de atenção, visto que causa sonolência.

Solução oral

Não deve ser administrado concomitantemente com outros produtos que possuam paracetamol.

Causa sonolência e, por isso, não deve ser utilizado por condutores, operadores de máquinas e pessoas que exerçam atividades que dependam de atenção.

Esse medicamento contém açúcar e não deve ser utilizado por diabéticos.

Multigrip solução oral em gotas não contém açúcar.

Efeitos colaterais do Multigrip

Cápsulas

No decorrer do tratamento com Multigrip a ocorrência de reações adversas é rara, mas podem acontecer casos de:

  • Vertigem
  • Sonolência
  • Hipotensão
  • Tremor
  • Ansiedade
  • Insônia
  • Irritações cutâneas
  • Desconforto gástrico
  • Sudorese
  • Palpitações

Quanto ao uso prolongado podem ocorrer necrose papilar renal e discrasias sanguíneas.

Granulado

No decorrer do tratamento com Multigrip podem ocorrer reações adversas caraterísticas de anti-histamínicos, paracetamol e substâncias simpatomiméticas, tais como:

  • Sedação
  • Vertigem
  • Sonolência
  • Sudorese
  • Palpitações
  • Diarreias
  • Dor no alto abdômen
  • Náuseas
  • Tendência à formação de cálculo renal
  • Irritabilidade
  • Agitação
  • Alterações de visão
  • Secura no nariz e boca
  • Febre
  • Diminuição de apetite
  • Cansaço
  • Fadiga
  • Insônia
  • Tremor
  • Palidez
  • Irritações cutâneas

Com menor frequência ainda pode ocorrer anemia, tonturas, micro-sangramento estomacal, fraqueza e necrose papilar renal.

Solução oral

No decorrer do tratamento com Multigrip a ocorrência de reações adversas é rara, mas podem acontecer casos de:

  • Tontura
  • Sedação
  • Sonolência
  • Hipotensão
  • Sudorese
  • Palpitações
  • Ansiedade
  • Tremor
  • Insônia
  • Irritações cutâneas
  • Desconforto gástrico

O uso de Multigrip por tempo prolongado ainda pode provocar necrose papilar renal e discrasias sanguíneas.

Composição do Multigrip

Capsulas – uso adulto via oral (embalagens com 20, 100 e 200 cápsulas)

Cada cápsula contém:

Paracetamol …….. 400mg

Maleatodeclorfeniramina ……. 4mg

Cloridratodefenilefrina ……. 4mg

Excipiente q.s.p. ….. 1 capsula (lactose monoidratada, estearato de magnésio, copovidona e amido pré-gelatinizado)

 

Granulado  – uso adulto e pediátrico acima de 6 anos (Envelope individual ou embalagem contendo 50 envelopes de 5g cada)

Cada envelope (5g) contém:

Paracetamol …….. 400mg

Maleatodeclorfeniramina ……. 4mg

Cloridratodefenilefrina ……. 4mg

Excipiente q.s.p. ….. 5g

(Excipientes sabor mel e limão: sacarina sódica, ciclamato de sódio, ácido cítrico, benzoato de sódio, dióxido de silício, corante azul brilhante, aroma de limão, aroma de mel, sacarose, álcool etílico e água purificada)

(Excipientes sabor laranja: sacarina sódica, ciclamato de sódio, ácido cítrico, benzoato de sódio, dióxido de silício, corante amarelo crepúsculo, aroma de laranja, sacarose, álcool etílico e água purificada)

 

Solução oral gotas

Solução oral de uso pediátrico de 2 a 6 anos (frasco contendo 15ml)

Cada ml (40 gotas) contém:

Paracetamol …….. 100mg

Maleatodeclorfeniramina ……. 2mg

Cloridratodefenilefrina ……. 2mg

Excipiente q.s.p. ….. 1ml (sorbitol, álcool etílico, metilparabeno, propilparabeno, corante vermelho, aroma de frutas vermelhas, sacarina sódica, ciclamato de sódio, macrogol e água purificada)

 

Solução oral

Solução oral de uso adulto e pediátrico acima de 6 anos

Cada ml contém:

Paracetamol …….. 40mg

Maleatodeclorfeniramina ……. 0,6mg

Cloridratodefenilefrina ……. 0,6mg

Excipiente q.s.p. ….. 1ml (sorbitol, álcool etílico, metilparabeno, propilparabeno, corante vermelho, aroma de frutas vermelhas, sacarose, macrogol e água purificada)

 

Superdosagem

Cápsulas

EM caso de superdosagem com as cápsulas é necessário promover um esvaziamento gástrico através de lavagem gástrica ou indução de emese.

A N-acetilcisteína pode ser administrada pro via oral e age como antídoto bem específico para a toxicidade a qual o paracetamol induz, sendo necessário que seja administrada ainda nas primeiras 24 horas.

Também devem ser observadas medidas de manutenção do estado geral do paciente, tais como hidratação, balanço eletrolítico e hídrico e correção da glicemia

 

Granulado

Os sintomas causados por uma superdose de Multigrip são secura severa na garganta, redução dos movimentos finos. respiração curta, rubor facial, alucinações, sono inconstante, aceleração dos batimentos cardíacos, hipertensão, dor de cabeça, diarreia, irritação no estômago, vômitos e náuseas.

Eles podem ocorrer de 6 a 14 horas após a administração do medicamento e é preciso procurar o socorro imediatamente.

A hepatotoxicidade pode acontecer de 2 a 4 dias após a administração.

 

Caso o paciente faça a ingestão de uma dose muito acima do recomendado, um tratamento reversivo deve ser iniciado o mais breve possível.

o estomago deve ser esvaziado por lavagem gástrica, aspiração gástrica ou indução de vômito utilizando xarope de ipeca, caso não esteja convulsionando, tenha perdido a fala ou esteja em comatose.

Quanto a determinação sérica do paracetamol, ela deve ser obtida de forma rápida, mas não antes de 4 horas da ingestão.

Caso seja necessário, outras ações e exigências de suporte devem ser feitas.

A N-acetilcisteína  como antídoto também costuma apresentar um bom resultado quando administrado em protocolo de urgência dentro de 16h.

 

Solução oral

Também é indicado a realização do esvaziamento gástrico por lavagem ou indução de emese.

A N-acetilcisteína também pode ser utilizada como antidoto via oral para a toxicidade do paracetamol.

Outras medidas de de manutenção podem ser adotadas caso seja necessário.

 

Em caso de ingestão de superdose procure o socorro o mais rápido possível para que as devidas medidas possam ser adotadas.

Leve consigo a bula ou a embalagem do medicamento, se possível.

Existe ainda a síndrome por abuso desse medicamento, que nada mais é do que um raro caso de intoxicação decorrente do uso prolongado. Essa  síndrome pode gerar esquizofrenia e alucinações.

O uso de Multigrip deve ser feito de acordo com a posologia indicada na bula ou de acordo com a orientação médica, sempre considerando um curto período de tempo.

Caso necessite de mais informações, ligue para 0800 722 6001.

Armazenamento

Esse medicamento deve ser armazenado em temperatura ambiente, entre 15º e 30º, ao abrigo da luz e da umidade.

Informações sobre o lote e data de validade podem ser encontradas na embalagem.

Multigrip não deve ser utilizado se estiver fora do seu prazo de validade.

Deve ser guardado sempre em sua embalagem original.

Antes de usar, confira se o aspecto do produto corresponde ao indicado, conforme descrito na posologia.

Caso o medicamento estiver fora do prazo de validade ou  apresentar qualquer mudança em seu aspecto físico, consulte um médico ou farmacêutico antes de utilizá-lo.

Todo e qualquer medicamento deve ser mantido fora do alcance de crianças.

Interações medicamentosas de Multigrip

Nenuma das apresentações desse medicamento (cápsula, granulado ou solução oral) deve ser administrada juntamente com inibidores de MAO (monoaminqxidase), com álcool e com barbitúricos.

Alterações em exames laboratoriais: se invalidam os testes relativos à função pancreática através da bentiromida a menos que o uso de Multigrip seja suspenso por 3 dias antes de fazer o exame.

Uso em idosos

O uso de Multigrip em pacientes idosos deve ser feito somente quando houver recomendação médica e sob supervisão visto o risco de reações.

Preço do multigrip

Multigrip possui diversas apresentações e seus preços variam, veja:

Cápsulas (com 10): entre R$ 5,45 e  R$ 15.

Solução oral em gotas: preço médio de R$12.

Slução oral (100ml):  preço médio de R$ 13,50

Granulado (cx c/ 50):  R$90 a caixa.

 

Agora você já sabe tudo sobre Multigrip!


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...