Corrimento Amarelo – O Que Pode Ser? Quais os Tipos? Na Gravidez!


O corrimento é considerado normal, mesmo o corrimento amarelo, quando sua cor for clara e não apresentar nenhum sintoma como dor, ardência etc.

No período que a mulher está em idade fértil, o aparelho reprodutor libera um muco de cor transparente que pode, depois de ser excretado, assumir uma cor amarelada e isso tende a ser mais comum alguns dias que antecedem a menstruação.

Porem se você observar que seu corrimento vaginal apresenta cheiro, cor ou uma textura espessa, é um forte indicio de infecção ou de uma doença sexualmente contagiosa. Além disso, se o corrimento não tiver uma coloração transparente é importante procurar seu ginecologista e tratar este problema.

É preciso estar atenta e identificar que tipo de corrimento está apresentando, pois, cada um indica uma situação diferente pois uma inflamação, se não tratada, pode se tornar muito grave.

O corrimento amarelo acompanhado de outro sintoma é geralmente um indicio de infecção bacteriana ou infecção gerada por protozoários. Tanto o diagnóstico (através de exames específicos) como o tratamento são relativamente simples.

Tipos de Corrimento amarelo

É sempre importante ficar atenta para as secreções vaginais a fim de conseguir identificar precocemente qualquer problema que possa estar acontecendo, por isso, nada melhor do que conhecer os tipos de corrimento amarelo para identifica-los, veja:


  • Corrimento amarelo acinzentado: geralmente vem acompanhado de um cheiro muito forte que lembra cheiro de peixe, e aliado a outros sintomas como dor ou sensação de ardência durante ou após a relação sexual e também ao urinar.
  • Corrimento amarelo forte ou esverdeado: também possui as mesmas características como o cheiro forte, que lembra cheiro de peixe, ardência ao urinar, acrescentando porem ardência e coceira na região vaginal. Neste caso pode indicar uma DST (doença sexualmente transmissível).

Vale lembrar ainda que se o corrimento apresentar uma coloração amarelada e não vier acompanhado de nenhum outro sintoma, tais como coceira, ardência e odor forte, normalmente não é motivo para preocupação.

Corrimento Amarelo alivio

Causas mais comuns do Corrimento amarelo

A causa mais comum é normalmente a Tricomoniase, mas a Clamidia e a Gonorreia (que são doenças sexualmente transmissíveis) também provocam este corrimento amarelado.

Corrimento amarelo na gravidez

O corrimento amarelo na gravidez, já que é indício de infecção, deve ser tratado imediatamente para que não ocorram complicações que possam prejudicar o bebê. Se surgir o corrimento acompanhado dos sintomas que já foram descritos, procure logo seu ginecologista para descobrir a causa e iniciar o tratamento o quanto antes possível.

Tratamento para Corrimento amarelo

O tratamento depende diretamente da causa pois cada possível causa tem seu tratamento e medicação especificos.

Então, em primeiro lugar, para realizar um tratamento adequado é necessário saber a causa do corrimento amarelo lembrando que se a causa detectada for tricomoniase, é indicado o uso de antiparasitários e antibiótico.

Se a causa for clamídia ou gonorreia é indicado o uso de antibióticos. Neste caso, por ser a causa uma doença transmitida sexualmente, o seu parceiro também terá que fazer o tratamento, mesmo que ele não tenha nenhum dos sintomas, evitando assim que um parceiro se trate e o outro fique com a doença.

O tratamento no caso da mulher deve ser feito por um médico ginecologista e para o homem um médico urologista.

Algumas dicas para você seguir durante o tratamento.

  • Não use shorts ou calças apertadas preferindo sempre saias e vestidos para facilitar a ventilação da área afetada.
  • Evite ducha vaginal pois ela retira a camada bacteriana que é responsável pela proteção da região intima.
  • Evite absorventes internos dando preferência para os externos.
  • Use camisinha, mesmo que você faça uso de anticoncepcional, pois pode transmitir a doença ao seu parceiro (a).
  • Evite as roupas intimas (calcinhas) de tecido sintético, as de algodão são as mais indicadas.

Pergunta dos leitores

Qual remédio é indicado para Corrimento amarelo?

O tratamento deve ser indicado pelo médico. Que através de exames poderá identificar qual o microrganismo é o causador dos sintomas.

Provavelmente ele vai prescrever remédios como antifúngicos e antibióticos em comprimidos (via oral), pomadas ou cremes vaginais.

Os medicamentos mais usados são os seguintes:

Causa provável: Vaginose bacteriana

  • Metronidazol 500mg: 1 comprimido a cada 12 horas por 7 dias.
  • Metronidazol gel 0,75: uso intravaginal durante 5 noites.
  • Clindamicina creme 2%: uso intravaginal durante 7 noites.

Corrimento Amarelo pomada

Causa provável: Gonorreia ou Clamídia

  • Cefixima ou Ofloxacina  400 mg: via oral dose única, lembrando que não deve ser usada por gestantes, mulheres que  amamentam e menores de 18 anos.
  • Espectinomicina 2g: intramuscular em única dose.
  • Azitromicina 1000 mg: 1 comprimido via oral, dose única.
  • Eritromicina 500mg: 1 comprimido via oral de 6 em 6 horas durante 7 dias.

É importante lembrar que você deve consultar um especialista na área para que ele lhe indique o que é mais adequado ao seu caso. Todos estes medicamentos são vendidos somente com prescrição medica.

O que pode ser Corrimento amarelo antes da menstruação?

O corrimento vaginal antes da menstruação é considerado pela maioria dos médicos como normal. Pois antes de ovular o organismo produz um muco aquoso, parecido com a clara do ovo. Que funciona como um recurso de autolimpeza.

Como já foi dito tudo depende da aparência deste corrimento. No caso do corrimento amarelo, com cheiro e ardência. Indica que alguma coisa está acontecendo no seu organismo e não é normal. Observe a cor, cheiro, sintomas e procure um médico.

Corrimento amarelo pode ser gravidez?

Corrimento amarelo pode indicar gravidez, embora seja muito mais comum que ele indique uma infecção.

O corrimento que indica a gravidez ocorre por alterações hormonais. E isto provoca um acréscimo de fluxo de sangue no local. Este corrimento é claro e sem cheiro. Não causa qualquer tipo de prejuízo nem para o feto nem para a gestante.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o corrimento amarelo. As causas pelas quais ele acontece, como tratar e tudo mais que você precisa saber. Aproveite essas informações e consulte um médico.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...