Como Ajudar Alguém Que Pratica a Automutilação? Tratamentos e Ajudas


O que é a Automutilação

A Automutilação nada mais é do que o comportamento intencional que compreende agressão física direta ao próprio corpo sem que  haja a intenção consciente de suicídio.

Normalmente esses atos servem como uma forma de aliviar dores emocionais e, na grande maioria dos casos, tem associação com Transtornos de Personalidade Borderline.

 

 

Causas da Automutilação

Normalmente a automutilação é associada ao Transtorno de Personalidade Borderline, mas uma parte dos automutiladores não sofre de qualquer transtorno de personalidade. O fato é que essa disfunção tem acometido um número cada vez maior de pessoas, em sua maioria, jovens e tem sido cada vez mais associada a problemas coo o transtorno bipolar, depressão, epilepsia, síndrome do pânico, transtornos alimentares e outros.

Outro ponto investigado é a relação entre o prazer e a dor. Isso porque diversas vezes a origem do problema é encontrada em crianças que estiveram internadas por muito tempo em hospitais e o comportamento autodestrutivo pode carregar uma porção de prazer associado, comumente encontrada também em masoquistas.

Automutilação

Perfil do Automutilador

De uma forma geral, o perfil do automutilador é de uma pessoa que tem uma forte dificuldade de se expressar emocional ou verbalmente, sem conseguir falar sobre seus anseios nem chorar na frente dos outros.


Tudo isso, em muitos casos, acaba contribuindo fortemente para desencadear um perfil de automutilação. Além disso, é comum para o perfil do automutilador não ter muito amor próprio, sentindo-se inferior muitas vezes, fracassado, insuficiente ou não merecedor.

É comum também que pessoas com esse perfil acabem se afastando da família com a ideia de poupá-los do mal que eles mesmos supõem estar causando.

A maioria ainda afirma praticar a automutilação com a intenção de desviar o foco e aliviar alguma grande dor emocional, realizando como se fosse uma troca da dor emocional pela física. Além disso, a automutilação também pode ser uma forma de punição pelo fato de que se sentem fracassados ou incapazes.

Mais do que isso, depois de uma crise, é comum que reste ao automutilador um grande sentimento de culpa, reforçando a sensação de fracasso e descontrole.

ajuda Automutilação

Formas de Automutilação

Existem diversas formas de automutilação, sendo que a principal ideia é ferir-se e causar dor física e isso normalmente é feiro através de cortes nos braços, pernas, abdômen, coxas e etc.

Vale lembrar que as formas de automutilação estão restritas apenas à criatividade do automutilador, ou seja, existe diversas formas de se automutilar, dependendo da vontade e da ideia de cada um.

No entanto, algo em comum é que normalmente as pessoas que praticam a automutilação escolhem locais escondidos para que outras pessoas não vejam as marcas. Veja alguns exemplos de automutilação:

  • Se chicotear
  • Se esmurrar
  • Se cortar com navalhas, vidros, giletes e outros objetos cortantes
  • Morder a língua, mãos, lábios, braços e etc.
  • Arrancar os cabelos (tricotilomania)
  • Reabrir ou apertar feridas
  • Se queimar com cigarro
  • Ingerir alfinetes ou produtos químicos corrosivos
  • Se furar com arames, pregos, agulhas ou pregos
  • Socar as paredes ou demais superfícies rígidas que possam machucar a mão
  • Se medicar em excesso ou se envenenar

Normalmente o comportamento de automutilação envolve ações simples, como chocar a própria cabeça contra a parede, se morder ou socar algo duro.

Tratamento

Algo que tem se mostrado bastante eficaz nesses casos é associação de medicação com psicoterapia. Dessa forma, a psicoterapia tem como objetivo auxiliar o paciente na identificação dos problemas e ajudar a encontrar formas e lidar com tais frustrações de uma forma eficaz.

Já a medicação atua no alívio da ansiedade e dos sintomas depressivos, que ajudam a manter o comportamento automutilador ativo. Além disso, ainda existem medicamentos que servem para reduzir a impulsividade, fazendo com que o paciente resista mais à vontade de machucar-se.

Como ajudar

Automutilação tratamento

Existem muitas formas de ajudar as pessoas que praticam a automutilação. E a primeira delas é observar e reconhecer o quadro. Ou seja, identificar que alguém realmente está se machucando de propósito.

O segundo passo é tentar compreender o quadro. E o motivo pelo qual a pessoa pode estar causando dor a si própria. A fim de usar a sua empatia na ajuda e não o seu julgamento, neutralizando seus sentimentos frente o problema do outro.

Depois prepare-se para ir conversar com quem se automutila, procure um ambiente tranquilo e diga à pessoa que você se importa com ela. Que ela não está só e que você tem o desejo de ajuda-la no que precisar.

Pergunte se a pessoa está se machucando propositalmente e deixe que ela fale. Pois a maioria que apresenta esse comportamento tem uma grande dificuldade de expressar o momento pelo qual está passando. Buscando ser sempre gentil.

Mais do que isso é importante ter uma conversa franca e chegar ao motivo pelo qual a pessoa se automutila. Seja para extravasar sentimentos, para se acalmar, para aliviar a raiva. Isso é importante para que se possa buscar alternativas a serem utilizadas no lufar da automutilação.

Por fim, você não deve guardar segredo sobre esse problema, especialmente se estiver se tratando de um adolescente. Então, procure os pais, converse sobre a situação e procurem juntos uma alternativa para oferecer ajuda profissional à pessoa.

Fotos de Automutilação

Automutilação fotos automutilação fotos2

Pergunta dos leitores

O que a Psicanálise fala sobre a  Automutilação?

De acordo com a psicanálise, a automutilação é uma questão de ordem clínica. Que é bastante frequente em escolar e consultórios médicos, principalmente entre adolescentes.

Nesses casos, pessoas que atentam contra o próprio corpo são encaminhadas para tratamento psiquiátrico. Que normalmente é acompanhado do uso de medicamentos. Podendo ser considerada como um transtorno mental.

Automutilação é uma doença?

Embora a automutilação seja algo intencional, ou seja, a pessoa se fere por vontade própria. Isso não é algo feito para chamar a atenção, como muitos pensam. A automutilação é praticada a fim de aliviar uma angústia intensa. Podendo estar associada facilmente à doenças de ordem psiquiátrica ou neurológica.

Automutilação acontece só na adolescência?

Não, pessoas adultas também praticam a automutilação. No entanto, os maiores afetados por esse problema são os adolescentes. Especialmente do sexo feminino.


Gostou desse artigo? Dê seu voto!

Péssimo! Não gostei de nada!Ruim!Gostei, ta na média!Muito bom!Excelente! (No Ratings Yet)
Loading...